Boa tarde!           Quinta 08/12/2022 16:10
"Menino tipográfico e outras histórias" de João Scortecci


MENINO TIPOGRÁFICO E OUTRAS HISTÓRIAS

Scortecci Editora - Crônicas - 14 x 21 cm - 248 páginas

ISBN 978-85-366-6243-5

Data: 3 de dezembro de 2022 - Sábado - das 18h às 21h.

Local: Espaço Scortecci

Endereço: Rua Dep. Lacerda Franco 96, Pinheiros, São Paulo/SP.




João Scortecci nasceu no Ceará, em 1956, e veio para São Paulo-capital, em 1972, onde reside até hoje. Fez sua estreia em 1973, na revista Poetação, com o poema “Mulher de Rua”, publicação do Diretório Acadêmico da FAU/USP.  

De 1978 até 1982, foi membro do Grupo Poeco, tendo participado das antologias Ensaios I, II, III, IV e V e lançado, em coautoria, os livros Relógio de Sol, Papel Arroz e Memória Interior, seu primeiro livro solo.  

Em 1982, fundou a Scortecci Editora, hoje com mais de 11 mil títulos em primeira edição; em 1986, a Gráfica Scortecci; em 1999, a Livraria Asabeça (hoje Livraria Scortecci); em 2010, o selo infantil Pingo de Letra e em 2018, fundou a Livraria do Mercado. Hoje, essas empresas fazem parte do Grupo Editorial Scortecci. 

João Scortecci foi Conselheiro de Humanidades da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), da Lei Rouanet, no Ministério da Cultura, de 1999 até 2008. Foi diretor da União Brasileira de Escritores – UBE, em três gestões; membro do GEDIGI, grupo empresarial da Abigraf/SP; diretor da Associação Nacional de Livrarias - ANL e diretor-adjunto e vice-presidente da CBL - Câmara Brasileira do Livro, em três gestões.  

É presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica – Abigraf, Regional São Paulo, Membro do Conselho Eleito da Câmara Brasileira do Livro – CBL, Membro do Conselho Técnico Editorial do Sindicato Nacional dos Editores de Livros – SNEL, Diretor da Abigraf Nacional, Diretor do Sindigraf /SP, curador do Prêmio de Excelência Gráfica Fernando Pini e Diretor da ABITEC, braço técnico da Abigraf Nacional.  

 Autor de 24 títulos, mais de 40 edições, entre eles, Guia profissional do livro, em coautoria, e A morte e o corpo, O eu de mim, Na linha do cerol, Água e sal, Quase tudo, A maçã que guardo na boca, As aventuras de Olga Wap, Dos cheiros de tudo e Menino tipográfico e outras histórias. 

Como editor, já recebeu os prêmios Jabuti (mais sete vezes finalista do prêmio Jabuti), Prêmio APCA (melhor livro do ano e autor revelação), Prêmio da Academia Brasileira de Letras (melhor livro de poesia), Prêmio Machado de Assis, Fundação Biblioteca Nacional (melhor romance) e Prêmio Pen Clube do Brasil (melhor livro de poesia).  

Nos últimos anos – desde 2006 – escreveu e publicou nas mídias sociais, mais de 600 crônicas, sobre sua infância de livros, sobre autores e suas obras, causos literários e sobre sua participação associativa no negócio do livro, nos mais de 40 anos como escritor, editor, gráfico e livreiro. Das 600 crônicas, selecionou 116, depois de sofrer muito com a escolha final, para então, publicá-las no livro Menino tipográfico e outras histórias, com lançamento no próximo dia 3 de dezembro, sábado, das 18h às 21h, no Espaço Scortecci, Rua Dep. Lacerda Franco, 96, Pinheiros, São Paulo/SP. 

Quando perguntado sobre sua vida e os livros, responde: “Faço da minha vida de livros um poema sem-fim”. 

Mais informações: (11) 9 9951-5163 / Celular - WhatsApp.