Boa tarde!           Quinta 05/12/2019 12:35
Mulher Honorária

Mulher Honorária é o título que a REBRA (Rede de Escritoras Brasileiras) confere a alguns homens especiais. Aqueles que lutam lado a lado com as mulheres por um mundo de oportunidades iguais para ambos os gêneros. Pessoas que já ultrapassaram qualquer barreira limitadora e injusta para poder manter suas asas desdobradas, e assim voar.
"João Scortecci é Mulher Honorária" Recebeu o prêmio em 2012, no estante da Scortecci, durante a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, quando do aniversário de 30 anos da editora.

João Scortecci é homenageado pelo Jornal Sem Fronteiras

Por ocasião da Bienal Internacional do Livro de São Paulo, o Jornal Sem Fronteiras realizou um evento off-feira no dia 26 de agosto, para o lançamento oficial do Portal Sem Fronteiras. Uma ferramenta virtual e dinâmica que promoverá a propagação das informações culturais.
O evento foi realizado no Restaurante Praça São Lourenço (Rua Casa do Ator, 608 - Vila Olímpia – SP) e foi composto por uma programação bastante variada e atrativa. Na ocasião, foi apresentada aos presentes a parceria firmada entre o Grupo Editorial Scortecci e o Jornal Sem Fronteiras.
O empresário João Scortecci contou um pouco do amplo e competente trabalho realizado pelo Grupo. O público presente também ouviu as palavras da Presidente da REBRA – Rede de Escritoras Brasileiras, Joyce Calvalccante e a Presidente da Divine Académie Française dês Arts. Lettres et Culture, Diva Pavesi, foi homenageada como represenante da publicação na França.

Informações Importantes para quem quer Escrever e Publicar um Livro

GUIA DO PROFISSIONAL DO LIVRO
Informações importantes pra quem quer escrever e publicar um livro
João Scortecci e Maria Esther Mendes Perfetti  
ISBN 978-85-366-0805-1
Scortecci Editora
16ª edição - 14 x 21 cm
Ano 2014 - 244 páginas

Preço R$30,00 

Ler mais

Na Linha do Cerol

Na Linha do Cerol foi escrito em 1995 quando João Scortecci completou 25 anos de exílio voluntário. São reminiscências poéticas e conta a infância do autor na cidade de Fortaleza, Ceará, na década de 60. Em 2003, para impressão da 5ª edições, o livro foi reescrito e ampliado: muito cerol havia ficado de fora! 


Na Linha do Cerol
Reminiscências Poéticas
João Scortecci
Scortecci Editora
14 x 21 cm - 9ª Edição - 112 páginas
Preço: R$ 25,00

Ler mais
Área Restrita
Biografia

João Scortecci é escritor, editor, gráfico e livreiro. Nasceu em Fortaleza, Ceará, em 1956. Veio para São Paulo em 1972, onde reside até hoje. Autor premiado (Prêmio do Sesquicentenário da Independência do Brasil e Prêmio Itajaí de Poesia) com 23 títulos publicados e mais de 40 edições. É Diretor Presidente do Grupo Editorial Scortecci, Editor do Portal Amigos do Livro, docente da Escola do Escritor, Diretor Setorial Editorial da Abigraf, Conselheiro Eleito da CBL - Câmara Brasileira do Livro e Vice-Presidente da ABTG - Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica.

Dos Cheiros de Tudo - Memórias do Olfato
É no dorso da nuca que encontramos os cheiros de tudo. No dorso fugidio da nuca - que se dobra - as vontades expostas do cheiro.Dos odores do olfato. Das propriedades e das essências no campo dos acolhidos. Das fragrâncias da pele. Das provocações e das alucinações dos arrepios da nuca entregues aos vícios do cheiro." João Scortecci

"A cartografia da memória oferece ao criador um manancial inesgotável de instâncias, um labirinto de galáxias que aponta para o infinito, para a vibração dos acasos e para a densidade da existência. Em seu novo livro, intitulado “Cheiros de Tudo”, o poeta João Scortecci explora as trilhas do universo aberto pelos sentidos e busca e logra construir, com fios de linhagem concisa e precisão alimentada pela visualidade do ritmo, um projeto poético de intensa sinestesia, fecundidade e arrebatamento. (...)" Beatriz Helena Ramos Amaral


ABTG - Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica
Novos desafios na minha vida de Editor e Gráfico. Fui indicado e eleito para o importante cargo de Vice-Presidente Executivo da ABTG. A indicação veio em razão do bom trabalho realizado no GEDIGI, Grupo Empresarial da Abigraf/SP e na Executiva da Abigraf/SP, como Diretor Setorial Editorial da entidade. Sinto que estou maduro e experiente para o importante cargo no setor representativo da comunicação gráfica. A ABTG - Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica é certificada ISO 9001:2008 e uma OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público. Tem por objetivo difundir informação técnica, incentivar a pesquisa, introduzir e disseminar tendências e tecnologias no seguimento gráfico nacional através do debate. Sua missão é a de fomentar o desenvolvimento tecnológico da comunicação gráfica.
Future Print 2019
João Scortecci palestrando sobre Fidelização e Encantamento de Clientes no Ciclo de Palestras Temáticas, estande da Abigraf, em 12 de julho de 2019, Future Print 2019, Expo Center Norte.

Bicicletas são rodas!
A RODA está na lista das maiores invenções da humanidade junto com vidro, prensa, fotografia, relógio e telescópio.

Roda de vidro no relógio do tempo: veloz universo
inquebrável telescópio das visões do corpo
fotografia, prensa, impressões
marcam na alma o finito suspiro de vida da humanidade
.

Bicicletas são rodas! Dizem que já foi um dos principais meios de transporte. Estou comemorando cinco anos que saí definitivamente do sedentarismo: hoje caminho, faço corridas de rua, academia e agora pedalo nas ruas de São Paulo. 
AS AVENTURAS DE OLGA WAP

João Scortecci é autor de três livros infantojuvenis, publicados nos anos 90. São eles: O Touro Ouro e sua Neta Mimosa, A Pulga Elétrica e a Realidade VirtualA História do Peixe Voador. Hoje livros esgotados e fora de catálogo, encontrados apenas em sebos.

Até 2016, ano que o autor completa 60 anos de idade, pretende reeditá-los, com novas ilustrações, agora coloridas.

O primeiro dos três a ganhar uma nova edição é A Pulga Elétrica e a Realidade Virtual. A obra ganhou um subtítulo: As Aventuras de Olga Wap e será publicada em três aventuras. 

Espaço Scortecci

"Um sonho antigo que virou realidade.
Um espaço da Scortecci para cursos, palestras, oficinas literárias,
recitais e lançamento de livros"

João Scortecci

Idealizado para atender eventos literários e culturais, o Espaço Scortecci, inaugurado em 25 de janeiro de 2014, possui amplo ambiente para lançamentos de livros, exposições, palestras, workshops, cursos, treinamentos, reuniões e saraus. Hoje abriga a Escola do Escritor, a TV Livro, uma pequena livraria com os últimos lançamentos da editora, salão de autógrafos, salas para reuniões e trabalhos, copa equipada para eventos, sala de imprensa e jardim literário para leitura, recitais e saraus.

Toasting to celebrate 30 years of Editora Scortecci

Imagine - The Employee Connection For Canon Americas - 75 Years of Canon  - Toasting to celebrate 30 years of Editora Scortecci

Parceria Institucional
Canon do Brasil e Grupo Editorial Scortecci

A Gráfica Scortecci em parceria institucional com a Canon do Brasil instalou em sua unidade gráfica a 6ª máquina para produção de livros coloridos modelo C6010VP.

O modelo de tecnologia inovadora e qualidade de imagem que se assemelha à da impressão offset vai atender o selo infantil Pingo de Letra e demandar capas de livros em papel com gramatura até 325 g/m².

Em julho de 2011 a Scortecci instalou uma impressora iPR 1135 para impressão de miolos de livros em P&B e em fevereiro de 2013, uma segunda máquina do mesmo modelo.

Para o final de 2014 será a vez de mais uma máquina colorida modelo 7000. A Scortecci espera em pouco tempo dobrar a sua produção de impressão de livros coloridos.

2ª Conferência Internacional de Impressão Digital

Entrega de placa de homenagem da Abigraf - Associação Brasileira da Indústria Gráfica, aos diretores empresários membros do GE-DIGI - Grupo Empresarial de Impressão Digital.

2ª Conferência Internacional de Impressão Digital Hotel Maksoud Plaza, São Paulo / SP, em 11 de junho 2012.

João Scortecci homenageado no Flipoços 2012

O editor João Scortecci, Diretor-Presidente do Grupo Editorial Scortecci recebeu em 28 de abril de 2012, na cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais, durante o FLIPOÇOS 2012 (Festival Literários de Poços de Caldas), homenagem pelos 30 anos da Scortecci Editora.

A feira que teve para o público um dos temas mais interessantes da nossa cultura: “90 Anos da Semana de Arte Moderna” também homenageou Antonio Candido (patrono) e Jurandir Ferreira (Escritor Sulfuroso).

Foto: João Scortecci e Gisele Correa, organizadora e promotora do evento.



Dicas para quem pretende escrever um livro

Qual o segredo para escrever um bom livro?

Antes de pontuar dicas "pertinentes" obrigo-me a registrar o que me parece essencial e fundamental na vida de um autor: criatividade, talento e persistência. Sem sinergia e harmonia destes três elementos básicos, não vejo qualquer possibilidade de sucesso e êxito.

Lygia Fagundes Telles quando nos fala sobre a arte de escrever diz: “Rasgar, rasgar e rasgar. Eu rasguei muito.” Hoje, com o advento da ferramenta computador poderíamos dizer que o exercício de “Deletar, deletar e deletar...” explica com ciência e razão, aquilo que a dama da literatura brasileira nos ensina como segredo.

Vamos às dicas:

Ser um leitor. Um bom leitor. Um leitor voraz e criterioso. Se o objetivo é um romance concentre-se no gênero. Literatura brasileira e estrangeira, de autores conhecidos ou não. Faça buscas em sebos e bibliotecas, e você encontrará escritores que o aguardam. O livro chama! No exercício desta leitura observe com atenção o primeiro parágrafo da obra, como cada escritor começa a sua aventura, o trejeito com que ele trabalha os primeiros diálogos, planta a semente da trama e traça o fio condutor de sua história. É a hora do encantamento.

A entrada em cena de cada personagem - principal ou coadjuvante - precisa receber do autor uma carga inicial de energia. Quando o autor não o faz corretamente corre o risco de perder o seu leitor. Quando um personagem mostra força e carisma, o leitor o adota. O espera revê-lo em breve. Um bom perfil puxa e pede, de direito, o seu espaço na história. É comum em uma trama um personagem secundário - inicialmente criado para dar liga à história - ganhar fôlego e espaço, além do tempo planejado no roteiro inicial.

Ter uma boa história é fundamental: concisa, objetiva, clara e única. Conversando um dia com Fernando Sabino - gravávamos um programa na TV Bandeirantes - ele me disse: "Scortecci uma boa história é aquela que pode ser contada". Ela precisa ter começo, meio e fim. Trabalhe com simplicidade e objetividade no fio condutor da história. No elo do enigma. Evite a todo custo a ansiedade de querer concluí-la a qualquer preço. Tudo tem o seu tempo. O inverso - exagero e se estender além da conta - também não é recomendado. O ponto final deve ser "cometido" com precisão cirúrgica. Não existe um sino que toca ou um alarme que pisca nos avisando do fim. Ponto é ponto.  

A Maçã que Guardo na Boca

A Maçã que Guardo na Boca é o 13º livro de João Scortecci, que nasceu no Ceará em 1956, e mora em São Paulo, Capital, desde 1972. Trata-se de um livro erótico e de poética sensual. Foi escrito no corpo de todas as mulheres (as que sangram e as que não sangram mais). Nas Estações de Amora (subtítulo da obra) o autor vivencia dias de fúria e de cio, explorando com amor os pecados de Afrodite e os lúdicos pecados da carne.

Book Trailer






























Ler mais